Terror à Luz do Dia

"Ah, está luz, está de dia. Mas também está escuro."

23

Tens medo do escuro? Claro que tens, toda a gente tem medo do escuro. E medo da luz? Huh? Huh? E esta subversão de expectativas num texto de intro? Por esta é que não estavas à espera! Hoje a Sara e o Gui vão falar sobre como o terror não tem de ser sempre às escuras, e de que maneiras a luz, a iluminação, ou o simples facto de ter uma cena de dia e não à noite, pode ser usado para criar ainda mais terror ou tipos diferentes de terror. Desde clássicos como Os Pássaros do Hitchcock, até pérolas modernas como o Midsommar do Ari Aster, a Sara e o Gui vão expôr-se à luz do terror.