Crítica | Outcast – 1ª Temporada

630

Ver esta série na esperança de ela ter algo para nos contar, foi o meu maior erro e não quero que mais ninguém se iluda a pensar que “talvez o próximo episódio compense”, que “no próximo episódio é que isto começa a bombar”, não meu amigo. Desengana-te.

Não tentes ver esta série. Não percas tempo da tua vida com algo tão vazio de conteúdo. Usa estas horas para séries que nunca pensaste em ver antes, ou aquela série que tens estado a adiar desde sempre. Outcast é mesmo a pior desilusão que tive numa série até à data.

Julgo que mais de metade dos leitores que estiverem a ler esta crítica, viram somente três ou quatro episódios e isso bastou-lhes para desistirem de Outcast. Parte dos restantes leitores não viu nem vai ver a série. Os leitores que faltam contar, esses sim são mesmo de fibra, são uns fortes, uns bravos, porque viram até ao fim para apanharem uma profunda desilusão.

outcast-1

Como qualquer espectador, eu fiquei deslumbrada com o primeiro episódio. A sensação de UAU acompanhou-me e fez-me ansiar pelo próximo episódio como se tivesse descoberto a melhor série do mundo, mas…não. Aquele primeiro episódio foi de arrebentar, e foi o único digno de se ver. Parecia uma premissa para algo que ia juntar tudo aquilo que amo no género de terror e suspense, com uma cinematografia magnífica e deslumbrante de me fazer chorar de felicidade! Mas o resto? Palha..

Não desenvolve!!

O guião é o único e o mais terrível problema desta série. Mas logo isto pode ser desmistificado. Ora vejamos, primeiro, em média os guionistas principais desta série, não escrevem há…anos! E só escreveram em média uma outra série. Depois temos sim guionistas da pesada mas que só participaram num ou noutro episódio. Isto jamais poderia funcionar. Como raio é que Robert Kirkman poderia achar que isto iria funcionar assim?? Nope! Nunca! Até os atores se devem ter fartado das palhaçadas de enlaces e desenlaces da serie que não cumpriu a sua premissa!

outcast

[irp]

O que mais me custa ao ver esta série? Não foi o guião, foi o desperdício de tanta qualidade de realização, de efeitos, de luzes, de riqueza e complexidade cinematográfica, de edição… foi tudo para nada e por nada! Esta série deveria (deve) ser cancelada! Ninguém vai pegar em mais nenhum episódio depois de tanta palha e de um episódio final de temporada como o que tivemos! Não nos enriquece o espírito. Não nos motiva. Não tem promessas de futuro, e nem audiência já que se diga.

As personagens eram chatas. Mas chatas para caramba. Chatas e aborrecidas por ao fim de 10 episódios continuarem tão pãozinho sem sal no ambiente da série. O Reverendo era muito inconsistente como personagem. O Kyle, sei lá, nem queria que ele aparecesse. Tudo se desenvolvia um pouco mais quando entrava em cena a minha personagem preferida: Sidney. A personagem mais misteriosa e a única que mexia os cordelinhos na história. A única que sabia de tudo e também não revelava nada. A única que fazia algo acontecer, mas que também, como consequência, a serie só se embrulhava ainda mais sem desenlace.

Não havia muito que os actores pudessem fazer, sinto que eles próprios estavam cansados daqueles papeis, tal como nós estávamos cada vez mais cansados de os ver.

Custou-Mas-Foi

Viste quantos episódios de Outcast?